top of page

Botóx

NÃO CIRÚRGICO

Âncora 1
botox.png

Também chamada popularmente de botox, a toxina botulínica nada mais é do que uma substância produzida pela bactéria Clostridium botulinum, que também provoca o botulismo.

 

A toxina é purificada e utilizada com o objetivo de evitar a contração muscular, provocando o relaxamento da região e reduzindo assim rugas e linhas de expressão provocadas pelo envelhecimento natural da pele ou pela ativação frequente da área.

 

Ao ser aplicada, a toxina botulínica impede a liberação de uma substância chamada acetilcolina pelo neurônio, em um mecanismo muito similar ao ato de colocar uma fita isolando parte de um fio elétrico. Com isso, a contração dos músculos é bloqueada, o que impede a formação de rugas.

O tratamento com toxina botulínica é rápido e quase não provoca dor. A aplicação é feita em consultório médico e leva cerca de 15 minutos, durante os quais o médico aplica um anestésico tópico para garantir maior conforto durante o procedimento.

 

Na sequência, a substância é injetada com a ajuda de uma agulha fina. Em geral, o paciente volta ao consultório cerca de 15 dias depois para passar por uma reavaliação. Se for necessário, o profissional fará pequenos retoques para garantir um melhor desempenho da aplicação.

 

Os resultados duram entre 4 e 6 meses, já que a paralisia muscular vai diminuindo de maneira progressiva. O ideal é que o paciente faça o tratamento de maneira preventiva, evitando esperar o surgimento de novas rugas para fazer uma nova aplicação.

O procedimento é indicado para pacientes que apresentam rugas e marcas de expressão provocadas pelo envelhecimento natural da pele ou pela hiperatividade da musculatura da região, que pode deixar marcas a partir dos 20 anos.

 

A toxina botulínica também é indicada para controlar o suor em áreas como mãos, pés e axilas e para o tratamento de enxaquecas ou cefaleias tensionais. 

 

Por fim, a substância pode ser utilizada ainda em pacientes com paralisia facial, inclusive por crianças após os 2 anos no tratamento de paralisia facial pós trauma pelo parto.

O tratamento pode ser utilizado para modificar a posição de estruturas anatômicas da face, como elevar as sobrancelhas, o canto da boca, evitar que a gengiva fique exposta ou que a ponta do nariz fique projetada para baixo ao sorrir.

O tratamento com toxina botulínica tem contraindicações?

Embora seja um procedimento muito seguro e testado com sucesso em pacientes em todo o mundo, a toxina botulínica não é indicada para gestantes e lactantes, já que não há relatos de estudos de segurança em pacientes com esse perfil. 

Agende sua Consulta

pngwing.com (7).png
bottom of page